div
buscar
FILTROS:
PRODUTO
FORNECEDOR
ESTADO
CIDADE
 

<EDIÇÃO 193>


EDIÇÕES ANTERIORES
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010
2009
2008
2007
2006
 

O lucro é colorido

Toda hora é hora, mas especialmente nesta época do ano a pintura das casas é prioridade para os consumidores. Então, coloque a sua criatividade para fora do balcão e bote pra pintar
O Brasil é um dos cinco maiores mercados mundiais para tintas. O setor se encontra claramente definido, compreendendo três tipos de empresas: grandes conglomerados (nacionais e internacionais), empresas de médio porte, com administração de caráter familiar e pequenas e médias indústrias voltadas ao atendimento de segmentos específicos do mercado. O segmento de tinta imobiliária representa cerca de 77% do volume total e de 60% a 62% do faturamento. O dados da Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas (Abrafati) só vêm corroborar com o já famoso potencial do setor que, apesar de se mostrar mais intensificado no fim do ano, quando inúmeras pessoas têm por hábito pintar a casa para as festas, é um dos mais rentáveis para as revendas durante todo o ano. O setor engloba tintas, vernizes, texturas e acessórios, como pincéis, rolos, broxas, misturadores, fitas adesivas, lixas, ferramentas elétricas, entre outros produtos. Pelo grande número de itens, o indicado é que as revendas invistam em um mix bastante completo para atender o seu público. Quanto ao tipo de exposição, tintas e complementos são produtos de acabamento final, e portanto carregam um certo estigma de “produtos nobres”, pois de certa forma determinam a identidade de uma obra. Por esse motivo, as embalagens devem ser apresentadas ao consumi- dor em estado impecável, o que requer uma exposição cuidadosa, bastante clara, que permita que o consumidor interaja com os produtos. É importante também disponibilizar todos os produtos que ele irá necessitar para executar um trabalho de pintura. Outra recomendação interessante é a exposição dos produtos por superfície de aplicação, separando por alvenaria, madeiras e metais. Deve-se também escolher os melhores locais de tráfego do ponto-de-venda para os produtos que proporcionam maior margem de lucro ao revendedor, facilitando o processo de entendimento da categoria por parte do consumidor, promovendo a venda de produtos com maior valor agregado. A indústria especializada, por sua vez, tem investido em pesquisas para colocar no mercado embalagens visualmente mais modernas e atrativas para facilitar o apelo no PDV. E para se conectarem às tendências de decoração, os fabricantes mantêm li- gação constante com arquitetos, engenheiros e decoradores, participando de mostras e eventos de arquitetura e construção. O armazenamento deve ser feito em local fresco, bem ventilado e sem umidade, sendo imprescindível observar o empilhamento máximo permitido. É aconselhável, ainda, manter os produtos em local de fácil acesso, visando a forma mais rápida de reposição no ponto-de-venda. Embalagens Com 14% de share de mercado, a Sherwin-Williams valoriza as embalagens de seus produtos de forma que obtenham grande destaque no ponto-de-venda. De acordo com o gerente de Marketing, David Ivy Jr., a tendência atual é que as embalagens sejam práticas e funcionais e ao mesmo tempo chamativas e informativas. “Na Sherwin-Williams optamos por colocar fotos de ambientes pintados nas embalagens, facilitando a identificação sobre o tipo de produto por parte do consumidor final, além disso temos os atributos descritos em destaque na parte frontal para facilitar a escolha.” A empresa lançou a embalagem TRi-frontal para os produtos Metalatex Tinta Acrílica Premium e Aquacryl Acrílico, onde se obtém a visualização de uma imagem quando três embalagens são colocadas juntas, permitindo maior visibilidade no ponto-de-venda. “Levando em consideração a praticidade e a funciona- lidade de embalagens, lançamos em 2004 o galão e 1/4 de massas sem o anel, que possibilita maior facilidade de utilização e completo aproveitamento do produto. Recentemente também lançamos a embala- gem Gire & Use na linha Metalatex, que traz mais facilidade de manuseio, praticidade para abrir, fechar, despejar e usar o produto, além de ser mais fácil de carregar”, explica David Ivy Jr. A Sherwin-Williams recebe informações constantes da matriz nos Estados Unidos sobre as tendências de cores e decoração e "tropicaliza" essas tendências por meio de contatos e eventos com arquitetos e designers renomados. Pelo site e serviço de atendimento ao consumidor, os interessados podem obter informações sobre a utilização dos produtos, com passo-a-passo e dicas importantes. “Nossos materiais de divulgação trazem as tendências e a empresa participa de feiras, além de patrocinar mostras de decoração.” Para telhas Atuante em praticamente todo o estado de São Paulo, a Tintas Sulan lançou recentemente o Sulan Telha, um complemento da linha Sulan sintéticos, para telhas e pisos cerâmicos não vitrificados. O produto é indicado especialmente para a pintura de materiais cerâmicos não vitrificados, tais como: telha, tijolo de barro, rodapé de cerâmica, dentre outros. Pode ainda ser utilizado para a pintura de madeira, ferro, inclusive alvenaria, sempre respeitando a preparação adequada da superfície. O diretor da empresa, Rodrigo Palota, alerta para alguns problemas do mercado. “O mercado de tintas imobiliárias tem enfrentado forte retração. Mesmo com a medida nitidamente política da redução do IPI de 10% para 5%, não houve um estímulo real para desenvolvimento de demanda de tintas imobiliárias. Outro fator que tem pesado na indústria de tintas é o aparecimento de produtos chamados substitutos, como o gesso e a cal, que têm consumido uma porcentagem considerável do consumo de produtos econômicos.” Necessidade de mercado Com cerca de 30% do mercado total de tintas (sales value share – 2005), a Tintas Coral lança o Coralatex Nova Fórmula Turbo, com maior consistência. Segundo o fabricante, o produto pinta 20% mais porque sua consistência pode ser diluída com 20% a mais de água. Com isso, além de maior rendimento, o produto oferece uma cobertura melhor e mais eficaz. Dados internos de pesquisa da Tintas Coral mostram que consistência e rendimento, aliados a melhor acabamento, são benefícios de produto muito bem avaliados por pintores e consumidores em geral. O Coralatex Nova Fórmula Turbo traz cinco cores novas: Areia Sirena, Azul Sereno, Verde Primavera, Laranja Imperial e Verde Angra. A escolha das cores responde a uma análise das tendências do mercado brasileiro, aliada ao conhecimento global da ICI Paints em ciência de cores. Personalização Sistema tintométrico da Resicolor, o Resicolor System é um serviço destinado a personalizar a cor idealizada pelo cliente. Lançado em 2001 no mercado, o Resicolor System tem obtido um crescimento anual acima da média do mercado. São diversos lojistas que aderem à facilidade e à agilidade de dispor a seus clientes a opção de refletir em seus ambientes mais de mil cores em todos os produtos top de linha e primeira linha da Resicolor. Após 4 anos de sucesso, a Resicolor inova, lançando no Resicolor System a opção de disponibilizar ao consumidor 100 cores em tons claros para os produtos da linha econômica. “Na prática, dois movimentos têm ficado cada vez mais claros: a busca por embalagens que levam em consideração os desejos e o bolso do consumidor final com embalagens que valorizem cada segmento de produto e a capacidade de estocagem do varejista, respeitando as ca- racterísticas do canal de distribuição e as oportunidades de comercialização”, dizem Jussanara Machado, consultora em Marketing, e Edison Medeiros, gerente-geral. De acordo com Jussanara e Medeiros, uma pesquisa realizada pela AcNielsen nos Estados Unidos, em 2005, detectou que muitas destas mudanças estão sendo ditadas pelas grandes redes de supermercados que carregam a bandeira “mega larger” (megamaior). Empresas como a Wal-Mart, que no passado se preocupavam com embalagens que protegessem os produtos, hoje estão focadas em ações de publicidade, merchandising e promoção que va- lorizem seu produto ou serviço. É comum encontrarmos no supermercado embalagens de metais sendo substituídas por embalagens mais flexíveis, com tecnologia de design que permita explorar melhor a embalagem como um veículo de fortalecimento de imagem de marca e promoção de produtos. Nos Estados Unidos e na Europa, por exemplo, essas mudanças nas emba- lagens que vêm ocorrendo há muito tempo nas grandes redes de supermercados já chegaram às embalagens de tintas e derivados. Nesse mercado encontramos tintas comercializadas de maneira diferente das tradicionais latas de tintas do Brasil. “Essa tecnologia disponível no Brasil, e bem explorada por diversos segmentos, ainda não chegou no ramo de tintas, mas sem dúvida é uma tendência”, afirmam. Verniz de alta durabilidade A Tintas Renner coloca no mercado o Verniz Rekol. A principal característica do Rekol é a durabilidade superior. O novo Verniz é extremamente flexível, acompanha os movimentos da madeira, não trincando ou descascando, é pronto para uso, possui ação antifungos e secagem rápida, o que permite a aplicação de duas demãos no mesmo dia. E mais: tem tripla proteção UV e 5 anos de garantia. Além disso, pode ser aplicado em interiores e exteriores, está disponível nos acabamentos acetinado e brilhante e em cinco cores: Canela, Imbuia, Ipê, Mogno e Cedro, sendo comercializado em embalagens de 3,6l e 900ml. Empresa em expansão A Direcional possui uma linha de tintas imobiliárias diversificada, com produtos próprios para cada tipo de uso. A empresa tem em seu portfólio tintas de primeira linha (Látex Acrílico Plus), intermediárias (Látex Acrílico Tradicional) e econômicas (Látex Econômico Standard e Tinta em Pó). Entretanto, a linha de tintas Direcional ainda está em expansão, com diversos lançamentos programados para 2007, como esmalte sintético, tintas para piso e para telhas, verniz para madeira, entre outros. “Nossa participação no mercado de tintas látex ainda é pequena. O foco da empresa para o segundo semestre de 2006 é aumentar o alcance das vendas de suas tintas látex na região da Grande São Paulo”, conta Edson Soares Raposo, do departamento de Marketing. “Através desse trabalho pretendemos dobrar as vendas e a abrangência de nossas tintas. A própria sazonalidade do mercado deve contribuir para o alcance de nossas metas”, diz. Em todo o mercado nacional A Hydronorth está presente em todo mercado nacional por meio de uma equipe de 70 representante que atende todas as regiões do Brasil. O crescimento estimado pela empresa para o ano de 2006, em relação a 2005, é de 11%. “Estamos planejando a empresa para o futuro, e este planejamento inclui lançamentos de produtos”, diz Daniela Paiva Rodrigues, supervisora de atendimento. De acordo com Daniela, a Hydronorth, em parceria com seus fornecedores, não hesitará em trazer para o mercado embalagens que facilitem o custo e o manuseio dos produtos no PDV. A empresa participa de pesquisas do segmento, busca inovações e aproximação com clientes, consumidores, profissionais da cor, arquitetos, revendedores etc. “Também buscamos participar de feiras e eventos.” Sensação das cores A Suvinil responde por 39% do mercado nacional de tintas e, no segmento premium, a marca é líder, com 60% de participação. “Para que o mercado seja promissor, grandes investimentos, devidamente planejados, devem ser feitos a fim de fomentar o segmento”, diz Francisco Verza, diretor de tintas imobiliárias. A Suvinil, desde o início de 2005, está apostando em ações inovadoras e quer implantar novos hábitos no consumidor brasileiro, para que ele veja a tinta como um bem de consumo e não mais como mais um item de acabamento que deve ser feito a cada dois anos. Com essa ação não apenas a marca é favorecida, mas sim todo o mercado. A meta é aumentar as vendas em 7% neste ano, acima das expectativas do setor, que tem projeção de 5%. Recentemente a marca lançou oito cores para modernizar e valorizar ainda mais seu portfólio, baseadas em um estudo sobre tendências de mercado, levando em considera- ção as cores mais vendidas pela Suvinil no sistema SelfColor e as indicações do Centro de Estudo de Cores para América Latina (Cecal). “A idéia é mostrar que as cores proporcionam bem-estar e qualidade de vida”, explica Verza. Nesse contexto, a Suvinil desenvolveu o ColorTest, que é uma amostra de cor, na menor embalagem de tinta do mercado brasileiro, com 202,5ml. Seu objetivo é estimular os consumidores a testarem as cores e ousar na pintura. Teste no PDV Anchortec é uma empresa química voltada para a construção civil, tendo como foco principal o mercado de impermeabilização, varejo e pisos industriais. Para 2006, a empresa tem expectativa de crescimento de 26%, em relação ao exercício de 2005, que deverá ser distribuído nos seguintes segmentos: Impermeabilizantes, Pinturas de Proteção, Tintas, Pisos Industriais, Selantes, Grautes, Adesivos e Aditivos para Concreto. A empresa está trazendo para o mercado o Graffitiguard, um verniz de proteção antipichação monocomponente fornecido pronto para o uso. Após a cura, forma uma película lisa, altamente aderente e de elevada resistência química, que impede a impregnação de tintas de pichação. “Para esse produto, aconselhamos que o lojista coloque as embalagens próximas de um display de demostra-ção onde o consumidor possa fazer o teste da remoção da pichação ‘in loco’. Nesse mesmo ambiente deverá ter um profissional treinado para tirar as dúvidas técnicas dos consumidores”, explica Melyssa Ribeiro, do Marketing Service. Demonstração para profissionais A Anjo Tintas e Solventes tem uma grande participação no mercado imobiliário com a Tinta Emborrachada, lançada pioneiramente pela empresa no mercado nacional em 1998. Fazem parte do portfólio da empresa, ainda, a Tinta Esmalte Sintético Imobiliário Anjo e Tinta Acrílica Nobre Anjo. “A Tinta Acrílica Nobre Anjo foi colocada no mercado no final de 2005; a empresa está investindo nesse produto atualmente. Portanto, nossa expectativa é de crescimento a cada mês”, conta o diretor comercial, Valtenir Marcos Colombo. A novidade é indicada para proteção e decoração de superfícies externas e internas de reboco, concreto, gesso, massa acrílica, massa corrida e cimento amianto. Atualmente, a Anjo está realizando um trabalho de demonstração da Tinta Acrílica Nobre para profissio- nais da área. São realizados freqüentemente treinamentos com balconistas e pintores para apresentar a Tinta, suas características, qualidades e vantagens. Expositor eficiente A Vonder participa do mercado de pintura imobiliária com um mix composto por tintas em spray, óleos de linhaça, removedor de tintas e vernizes e diversos acessórios, como conjuntos para pintura, pincéis, pincéis artísticos, broxas retangulares e redondas, mexedores de tinta, bandejas plásticas, lixas, luvas látex, rolos para pintura (com suporte ou avulsos) e espátulas plásticas. As Tintas Spray Vonder têm secagem rápida e estão disponíveis nas opções uso geral, metálica e alta temperatura. Para o revendedor, a Vonder oferece um exclusivo exposi-tor, que permite armazenar as tintas em spray de forma prática e organizada, destacando o produto no ponto-de-venda. Confeccionado em arame de aço, é composto por três prateleiras com capacidade para 30 latas de tinta spray. Os expositores estimulam a experimentação incentivando a compra. O vendedor passa a atuar como um consultor de vendas, auxi-liando os consumidores que têm dúvidas na aplicação do produto. Tudo novo A Castor iniciou em 2006 um processo de mudanças que incluíram a revitalização de sua logomarca, criação de novo slogan, lançamento de novas embalagens para sua linha de rolos, novos rótulos para os demais produtos, com vistas a um reposicionamento no mercado em que atua: ferramentas para pintura, acabamento e texturização. O novo logotipo ficou mais mo-derno e não perdeu o vínculo com a identidade construída pela empresa ao longo de seus 29 anos de existência. As cores azul e amarelo permaneceram e o nome Castor foi modernizado. Destaque para a linha de rolos de pintura que recebeu tratamento diferenciado, com cores específicas para as embalagens de acordo com a aplicação. Esse tipo de embalagem favorece o auto-serviço. O lançamento recente da Castor é o rolo de pintura para Tinta Epóxi e Resinas Sintéticas, na medida 23 cm, produzido por termofusão, com lã poliéster de 5 mm de altura. Acessórios campeões Em 2006, a Mestre Tigre apresentou ao mercado uma série de inovações, como trinchas com filamento sintético, uma tendência mundial, que garante maior durabilidade e melhor acabamento; e espátula multiuso com quatro funções: abrir latas de tintas, picotar e rasgar latas para transformá-las em caçambas para pintura, raspar paredes e demais superfícies e retirar o excesso de tinta do rolo. A empresa lançou, ainda, a linha de minirrolos de 9 cm e 15 cm: de lã sintética com ação antirespingo; de lã mista, ideal para aplicação em paredes e recortes, com a utilização de tintas Látex e Acrílica; de lã sintética, ideal para aplicação em paredes e recortes, com a utilização de tintas Látex e Acrílica Econômicas. ”A Pincéis Tigre reformulou toda sua linha de embalagens, segmentando todos os produtos pela superfície em que devem ser aplicados. Assim sendo, criamos uma comunicação que ajuda muito na hora da identificação do produto ideal”, conta Beatriz Canella. Ferramenta elétrica para pintura A Skil Ferramentas colocou no mercado um acessório inovador para o mercado de pintura imobiliária. O Soprador Térmico 8003 da Skil Ferramentas Elétricas é indicado para secagem de tinta, verniz, gesso, argamassa e estuque e remoção de tinta ou laca, revestimentos (sintéticos) de parede, tinta ou laca de janelas, adesivos autocolantes, ladrilhos feitos de fibras sintéticas, entre muitas outras utilizações. A empresa disponibiliza o produto em duas versões: com potência de 1.800W, em 230 e 240 volts, e de 1.200W, em 127V. As duas versões contam com três níveis de temperatura, pesam 700g e acompanham uma maleta plástica, além de quatro direcionadores de ar para diferentes finalidades. A ferramenta tem design ergonômico, para maior conforto do operador, e base plana para uso estacionário e contínuo. Pintura decorativa Com cerca de 20 itens para o mercado de pintura imobiliária, a Talentos tem uma expectativa de crescimento muito boa para este ano. “Devido às facilidades de financiamento, muitas são as construções e reformas residenciais, comerciais e industriais”, diz Israel Luiz de Lúcio. O carro-chefe da empresa para o segmento é o Rollom III Millenium, que facilita a pintura, mesmo para pessoas sem experiência. Nesse segmento de pintura decorativa, a empresa comercializa desempenadeiras desenvolvidas para textura e um rolo com discos recartilhados, que reproduz os efeitos jeans e linho à parede, dando a impressão que está coberta com esses tecidos. Foco no usuário De acordo com dados do Ibope Solution, a Pincéis Atlas está presente em 60% das lojas de materiais de construção do Brasil. No segmento de trinchas profissionais, a empresa oferece para o mercado a linha Dupla Bicolor, com modelos para aplicação em diferentes tipos de tinta: óleo e esmalte, látex e acrílica, stain e verniz. Atualmente, as embalagens se tornaram o manual de utilização dos produto, por isso desde o fim do ano passado a Pincéis Atlas vem repaginando suas embalagens. “O projeto tornou as embalagens da Atlas instrutivas e facilmente identificáveis no PDV”, diz Cassiano Cardoso, do Marketing. O departamento de Marketing e o departamento de Design de produto iniciaram um processo chamado DCU (design centrado no usuário), onde lançamentos são testados junto a profissionais. Importância da embalagem A Compel vem ganhando um importante espaço no mercado de acessórios para pintura. “Nossas expectativas de crescimento para este ano estão por volta de 10% a 15%. O que tem ocorrido com freqüência, já que nossos produtos e preços estão cada vez mais agradáveis para o mercado”, diz Sérgio Bonatti. A empresa apresenta ao Mercado as Trinchas de Cerdas Mistas, disponíveis nos tamanhos de 2” a 4” com embalagens padronizadas em dúzias. Para ajudar o lojista na divulgação, a Compel tem display para exposição do produto. E para aumentar o apelo dos produtos no PDV, as embalagens da empresa são coloridas, alegres, com acabamento bem cuidado e legíveis, facili- tando a identificação. Revitalização da marca Com participação estimada em 12 % no mercado de rolos, trinchas e acessórios para pintura, a Condor espera crescer, em 2006, cerca de 8% em relação aos números do ano anterior. Neste ano, a empresa lançou uma linha de espátulas de aço, especialmente desenvolvidas para raspagem e aplicação de massas em superfícies leves, com cabo plástico anatômico e lâmina de aço inox. “Seguindo as tendências de mercado, a Condor está investindo na renovação e revitalização da marca dentro do ponto-de-venda. Estamos renovando as nossas embalagens, buscando torná-las mais modernas. Para obter um diferencial no ponto-de-venda, as embalagens receberam nova padronização visual, na qual cores mais intensas e formas alusivas ao movimento das tintas foram utilizadas para destacar ainda mais o símbolo da Condor, reforçando a identidade da empresa”, diz Tiago Kotovicz. Crescimento Com um projeto audacioso de crescimento em curto prazo, a empresa Pianox sofrerá grandes mudanças, desenvolvendo novos produtos e novas marcas, criando assim o Grupo Pianox, quer será composto por empresas adquiridas ou iniciadas pelo Grupo. O primeiro passo já foi dado. A empresa está lançando uma linha completa de material para pintura composta por rolos, trinchas, espátulas, desempenadeiras, bandejas e broxas. O Grupo também está retomando sua linha de utilidades domésticas em aço inoxidável composta por baixelas, travessas, conjuntos para sobremesa e utilidades em geral. O Grupo Pianox atualmente fabrica produtos em aço inoxidável como: pias, cubas, tanques, lavabos e válvulas e promete novos lançamentos visando novos mercados como ferramentas e acessórios para banheiro.
Publicado em 22 de setembro de 2006 por Equipe ConstrucaoTotal
 
Publicidade
 
sp sp sp sp sp sp sp